domingo, 14 de março de 2010

Fim do conto de fadas

Tanto Lutas-te para me Conquistar, tantas foram as coisas que fizeste, para conseguires conquistar este amor.Foi tão rápida a forma como entraste na minha vida, tal como a desilusão de quanto quiseste abandoná-la. De ínicio tudo parecia tão indiferente quando algo nos afectava, passávamos por cima de qualquer obstáculo sem qualquer dificuldade, só pela enorme força que nos unia.Depois de tudo isto dos momentos, das barreiras que ultrapassamos, da cumplicidade, do sentimento que nos unia, como foi que tudo desapareceu, Tudo? como foi que tu desapareces-te assim ? Já não te conheço mais. Para que fizemos tantas promessas, se sabíamos que não as poderíamos cumprir? Onde ficou o sentimento que tínhamos um pelo outro? Perguntas, nada mais que perguntas. Tu deste-me tudo, o mundo, um castelo encantado, onde vivíamos o nosso conto de fadas, foste o rei, o meu ídolo, o companheiro, o namorado, o melhor amigo de todas as horas e o meu realizador de sonhos, o meu abrigo, o confidente, o meu protector, o meu conselheiro, o amor da minha vida. Foste único, diferente, apaixonado, cada olhar, cada palavra faziam acreditar a qualquer um que eu seria o amor da tua vida, de uma vida. Foste o meu presente e o meu futuro. Quando falava de ti sentia cá dentro um remoinho de emoções de sentimentos que me preenchiam. Era amar de uma maneira tão especial. Eu sei que fui importante um dia, que me amaste, mas isso não bastou para alimentar a relação. Lamento as vezes que tomei atitudes inconvenientes. Perdoa todas as discussões desnecessárias. Não fui a melhor namorada, eu sei,sei que por vezes não tomei as atitudes mais correctas, mas por ti, tentei mudar-me,penso que dei o meu melhor e se não fiz por ti, foi porque me era impossível.Hoje, ficam as palavras carinhosas, os gestos meigos, os beijos suaves e os sorrisos tão cúmplices. Eu amei-te na verdade, e hoje ainda me resta Tudo de ti.O que mais magoa, é a tua indiferença, esse desrespeito, depois de tudo!Hoje ficam as promessas retidas no passado, ficam as lágrimas ao escrever tudo isto.A história linda que pintámos tornou-se no meu maior pesadelo. Não te procuro mais , será a última coisa que tenho. Por mais que custe, mesmo não te esquecendo, vou alimentar o teu desprezo .


Adeus um dia voltarei a ser feliz
.

Sem comentários:

Enviar um comentário